Na conferência anual da ComicCon de 2015, a DC anunciou a estreia da websérie Vixen. Desconstruindo paradigmas, a série terá como protagonista a primeira heroína negra da franquia(Tempestade curtiu isso rsrsrs). Mari McCabe, uma jovem mulher africana, desenvolve seus poderes após ficar órfã (DC, matando pais desde 1934), e ganhar um colar com um totem mágico. Apesar de ter sido concebida em 1978, Vixen, até então, era uma personagem secundária, seu protagonismo em uma mídia tão disputada, nos diz muito sobre a evolução do universo DC.
captura-de-tela-2015-07-13-c3a0s-01-37-33

Seus poderes lembram um pouco os do Lanterna Verde (que aliás já andou arrastando asinha para cima da moça), pois dependem de sua imaginação e criatividade. O “Tantu Totem”, lhe confere a habilidade de incorporar os poderes de qualquer animal em que ela consiga pensar, fazendo com que sua origem africana torne as possibilidades sobre tal poder inesgotáveis.

A série tem muito potencial, além de ser ambientada no mesmo universo de Flash e Arqueiro Verde, existe ainda o mistério sobre a origem do colar e todo o processo do desenvolvimento dos poderes de Vixen. Não pretendo dar spoilers, mas nos primeiros 30 segundos de episódio a série mostra a que veio. Dinâmica e provocativa, deixa qualquer um empolgado. Com uma média de cinco minutos cada, os episódios são simplesmente viciantes, e passam longe de serem infantis (quem assistir com o áudio original vai saber sobre o que estou falando, na legenda e na dublagem acredito que certos detalhes serão censurados ou modificados), assim como sua protagonista, que é impetuosa e ousada.
Realmente me animei com esta série e recomendo que todos corram para assistir, enquanto isso, põe o dedo aqui quem quer Rosario Dawson como Vixen no cinema.
rosario-dawson

Fontes:
http://www.huffingtonpost.com/entry/new-web-series-black-female-superhero_55a3c458e4b0b8145f73007a
http://famsobral.blogspot.com.br/2015/01/serie-vixen-personagem-da-dc-comics.html

%d blogueiros gostam disto: