Demolidor foi um verdadeiro sucesso. A série contagiou a todos, desde os fãs de quadrinhos e do personagem, ate a galera mais leiga que não tem muito contato com o mundo Nerd.

Por mais que a primeira temporada tenha sido sensacional, a segunda trouxe algo novo e que deixou muitas pessoas extasiadas com o que estava na tela: PUNISHER!! 

Como se não só bastasse a toda discussão ideológica e porradaria entre o Demolidor e o Punisher, a atuação do ator Jon Bernthal deu muita credibilidade ao personagem, ele foi o Punisher que muitos (me incluo nisso) queriam ver desde aqueles três filmes gloriosos.

2

Em uma recente entrevista com a Awards Daily, Jon Bernthal fala um pouco sobre sua familiaridade com os quadrinhos, e como foi para ele captar tão bem a essência do personagem como ele fez. Confira a seguir:

Primeiro, lhe foi perguntado se ele já havia sido um fã de Daredevil antes de ser convocado para interpretar o personagem.

“Para ser honesto, eu realmente não era. Minha primeira exposição real ao mundo dos quadrinhos foi através de The Walking Dead. Foi também uma exposição aos fãs de quadrinhos e seu entusiasmo e quanto isso significa para eles . Eu não tinha idéia o quão comprometida era a fan-base dos quadrinhos. O meio exige tanta imaginação por parte do leitor. Ela inflama a imaginação e dá ao público este senso de propriedade dos personagens e um desses mundos. Eu acho que é uma razão para a paixão. Eu experimentei em primeira mão com The Walking Dead. Com esse personagem, Frank Castle, eu realmente mergulho nas histórias em quadrinhos. Eu tenho um monte de histórias em quadrinhos do processo de pesquisa foi divertido.”

Ele também falou um pouco sobre o que é o personagem para ele e um pouco sobre o modelo de distribuição da Netflix.

“Eu não estava tentando desesperadamente entrar no mundo dos quadrinhos. [Risos] Para mim, é sobre o ser humano. Ele não tem nenhum super poder. Seu super poder é sua humanidade. É a sua unidade, sua raiva, e sua perda. Eu nunca poderia ter Interpretado esta parte se eu não fosse um marido ou pai. Até você realmente entender o que é amar alguém mais do que a si mesmo e para dar de bom grado a sua vida por eles, só então você pode entender o que significaria se fossem tirado de você.

Eu realmente gosto deste modelo da Netflix de 13 episódios. Sistema de entrega de material tudo de uma vez , pois permite a liberdade real na maneira que você contar uma história. Você pode ser ousado e correr riscos ou abandonar a audiência e ir muito longe. O material é digerido tudo de uma vez. Eles não têm que esperar 3 ou 4 meses para ganhar o público de volta para explicar suas ações. Eu realmente gosto dele. ”

O ator também se pronunciou a respeito das excelentes cenas de luta na série.

3“Eu acho que quando você está falando de personagens como estes, a maneira como eles lutam, o que está motivando a luta é muito importante. Bater em alguém para arrastá-los para a cadeia é diferente do que alguém que está exercendo sua raiva nas pessoas. No Frank Castle você encontrar nesta história não é o Punisher. Ele está se recuperando da perda de sua família. Ele é impulsionado pela raiva e está em uma missão singular para encontrar essas pessoas que tomaram a família dele, e fazê-lo tão brutalmente quanto possível. ”

 

Por ultimo, Jon Bernthal diz o que achou mais impressionante no personagem.

“Acho que o relacionamento com Karen mais me surpreendeu. Foi uma coisa rara que pode acontecer quando você tem uma verdadeira colaboração entre escritores e atores. Estes escritores e produtores assistem os jornais, eles viam as coisas que estavam acontecendo. Você pode não ser capaz de colocar isso em palavras, e eles desenvolvem isso. Da mesma forma que não há essa conexão entre Frank e Karen e nunca explicar exatamente o que é. Eu senti o que se tornou era que eu achava que ele olhou para ela como, este é o tipo de mulher a sua filha poderia ter se tornado, arrojada e inteligente e corajosa, independente, corajosa e solidária. Acho que ele viu sua filha nela. Eu acho que como um homem que jurou se preocupar com nada além de sua missão e completá-la, eu acho que ele começou a se preocupar com ela, seu bem-estar, e sua opinião “.

Bernthal também falou sobre seu entusiasmo para a série solo do Punisher.

“Estou extremamente animado sobre isso. Eu vou olhar para ele com uma verdadeira alegria e responsabilidade, é uma verdadeira honra interpretar Frank Castle. Eu sinto que ele está em meus ossos e agora ele está no meu coração. Eu estou pronto para continuar com ele. Sobre o que irá ser, aonde ele vai, ou em que ele vai atirar, eu infelizmente não sei. É uma espécie de parte e parcela com a maneira que a Marvel funciona. Informação está definitivamente numa necessidade de saber a base. Estou nervoso, e eu só quero fazer esse personagem.”

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: