O escritor e diretor Josh Boone falou com o  Creative Screenwriting  sobre seus planos e esperanças sobre New Mutants.

“O co-roteirista Knate Gwaltney (que escreveu e dirigiu um filme intitulado Cardboard Boxer e escreveu um filme intitulado Kidnap, estrelado por Halle Berry, que será lançado em 2017) é meu melhor amigo – o conheço desde o dia em que nasci,  Nossas mães são melhores amigas e crescemos juntos na Virgínia.

Tivemos uma empresa de quadrinhos quando éramos crianças. Gostávamos de desenhar quadrinhos, grampeá-los juntos, em seguida, vendê-los para os nossos tios ou quem quer que fosse. E sempre fomos obcecados com a Marvel Comics durante a década de 1980, muito antes de haver um filme  do Spider-Man de Sam Raimi .

 

Nós amávamos este spinoff de X-Men, The New Mutants. Nós amamos a fase de Bill Sienkiewicz com Chris Claremont que tinha o Urso Demônio. Era realmente sombrio, interessante e diferente das histórias típicas de X-Men que tínhamos lido.

Depois que eu fiz The Fault in Our Stars (A culpa é das estrelas), fizemos  uma história em quadrinhos pra Fox. Era sobre uma trilogia de filmes de New Mutants que iriam se contruídos uns sobre os outros. Nós usamos este programa chamado Comic Life, e botamos todas as imagens que tínhamos amado da série e amarramos juntos para mostrar-lhes o filme que queríamos fazer.

Nós trouxe para Simon (Kinberg, produtor da Fox) e ele realmente Gostou. Tivemos o ano passado e meio  para prepará-lo, e eu estou prestes a ir ver uma locação e temos uma data de lançamento agora.

Eu tive muito experiências  diferentes de roteiro baseado em como o projeto se junta. Por exemplo, eu tenho um bom relacionamento com Stephen King, então quando eu queria adaptar seu romance Revival eu realmente fui e perguntei a ele. Eu era capaz de escrevê-lo em uma bolha muito agradável e nós contratamos Russell Crowe. Eu pretendo fazer isso logo depois de New Mutants.

Mas New Mutants é diferente – quando você trabalha com um estúdio, você não está em uma bolha. O processo de escrita torna-se uma coisa muito diferente, porque você tem tantas pessoas que têm uma opinião , já que o filme é tão caro.

Há equilíbrio entre fazer as coisas em uma bolha, o que eu diria que é a melhor maneira de escrever qualquer coisa, e depois ter que negociar toda a política de cinema de estúdio, que é a sua própria besta especial. Com New Mutants, escrevemos alguns rascunhos, e eu trouxe Scott Neustadter e Mike Weber, que são meus amigos que adaptaram The Fault in Our Stars, para fazer um rascunho enquanto fazíamos outra coisa. Meu palpite é que isso nunca será feito até que tenhamos acabado de filmar! [Risos]

É uma experiência diferente, porque em meus dois últimos filmes eu entrei em filmá-los com scripts muito completos. Eu sabia cada batida do que eles iriam ser. Isso tem sido diferente porque é constantemente Mudado no decorrer do tempo. Ele provavelmente continuará a se transformar enquanto estamos fazendo isso.

Considerando que eu escrevi Revival ele em uma bolha em um mês,Fiz uma revisão alguns meses mais tarde que levou duas semanas, e não toquei (no escript) desde então. Nós apenas fomos e colocamos algum dinheiro e juntamos o elenco. É certamente a melhor maneira de fazê-lo, mas para ter a oportunidade de fazer uma coisa grande dessas que você tem que passar por um processo muito mais longo para chegar ao mesmo resultado final.”

Abaixo uma foto de Josh e seu melhor amigo e co-escritor numa foto antiga:

https://twitter.com/JoshBooneMovies/status/598997265043230720/photo/1?ref_src=twsrc%5Etfw

 

%d blogueiros gostam disto: