Fontes americanas Hollywood Reporter e Deadline informaram neste fim de noite que a Lucasfilm e a Disney demitiram Gina Carano do elenco de The Mandalorian e assim ela não faz mais parte da série.

Carano fazia o papel de Cara Dune, uma ex-soldado da Aliança Rebelde na trama onde ela acompanhava as aventuras de Din Djarin, Baby Yoda/Grogu e outros.

Em comunicado, representantes da Lucasfilm e Disney disseram: ”Gina Carano não é empregada atualmente pela Lucasfilm e não há planos para ela no futuro. Mesmo assim, suas postagens nas redes sociais denegrindo as pessoas com base em suas identidades culturais e religiosas são repugnantes e inaceitáveis.

Nesta quarta, Carano viralizou nas redes sociais por uma postagem se referindo ”que ser republicano hoje é como ser judeu durante o Holocausto”, nas palavras dela.

A postagem no Instagram (já excluída, mas capturada e amplamente compartilhada pelos usuários nas redes sociais) da atriz conservadora e ex-lutadora de artes marciais mistas foi recebida com fortes reações. E, como já aconteceu no passado, os usuários das redes sociais pediram seu desligamento do programa de sucesso do Disney+ e que se liga ao universo de Star Wars em andamento estrelado por Pedro Pascal.

Esta não foi a primeira vez que ela causa muita polêmica nas redes sociais, visto que em novembro do ano passado ela zombava do uso de máscara em meio à nova pandemia de coronavírus e outro em que sugeria falsamente que ocorreram fraudes eleitorais durante a eleição presidencial de 2020.

Nada mais foi revelado.

The Mandalorian retorna em 2022 com sua 3ª temporada.