Após um bom tempo de espera, os fãs dos livros de Sandman de Neil Gaiman finalmente podem se alegrar. De acordo com informações do Hollywood ReporterDiscussingFilm Collider, a Netflix assinou ”um grande acordo financeiro” com a Warner Bros. Television para adaptar as obras de Sandman para o streaming.

Números certos do acordo não foram divulgados, mas foi dito que é a série de TV mais cara da DC Entertainment até agora.

Gaiman servirá como produtor executivo ao lado de David S. Goyer. O roteirista de Mulher-Maravilha, Allan Heinberg escreverá o roteiro da adaptação e também servirá como showrunner. Não foi informado a quantidade de episódios que a série terá e nem uma previsão de estreia.

Sandman é focado em Morpheus, também conhecido como Sonho do Infinito. Dream é um dos sete irmãos que representam as principais forças do universo, sendo os outros Destino, Morte, Destruição, Desespero, Desejo e Delírio. Depois de décadas em cativeiro, Dream ressurge para encontrar seu reino, o avião conhecido como o Sonho, em ruínas. Ele deve reconstruir e, ao fazê-lo, reexaminar seu papel no universo.

Por uma década tem havido tentativas de adaptar as histórias de Sandman para o meio cinematográfica seja em um formato de TV ou de filme. O personagem ganhou um longa-metragem na década de 90. O projeto passou por vários roteiros e iterações, antes de cair oficialmente no ”inferno do desenvolvimento” em 2001. Gaiman tornou-se bastante público sobre os problemas com os vários roteiros de Sandman e sobre não ter certeza se uma adaptação veria corretamente a luz do dia.

O potencial para uma adaptação de Sandman retrocedeu em 2013, quando Gaiman, Goyer e Joseph Gordon-Levitt foram anunciados para colaborar em um roteiro para a New Line. Depois de anos de atualizações, Gordon-Levitt deixou o projeto em 2016 e continuou preso ao ”inferno do desenvolvimento”.

Uma adaptação para a Netflix já havia sido considerada desde 2010, com James Mangold (Logan) e o criador de Supernatural, Eric Kripke, ambos envolvidos no projeto. O máximo que os fãs conseguiram chegar a ver foi a adaptação de Lúcifer que agora tende ao próprio streaming finalizar com sua quinta temporada.

Outros detalhes desta nova negociação entre Netflix e Warner não foram divulgados.