Em informação compartilhada pelo Hollywood Reporter, foi contado que a série The Continental, uma derivada da franquia de cinema John Wick, foi reimaginada e será um evento de três episódios contendo 90 minutos cada.

Albert Hughes, diretor de Perigo para a Sociedade e O Livro de Eli (com Denzel Washington e Mila Kunis), dirigirá os episódios 1 e 3, enquanto ainda não foi definido o diretor para o episódio 2.

The Continental terá sua trama no hotel único para assassinos dos filmes, e ela foi inicialmente concebida como uma série secundária, mas a Lionsgate e a Starz redefiniram isso e a tornaram como uma série de eventos de três noites, e incluindo um orçamento como para filmes.

A produção dos episódios devem custar algo superior a US$ 20 milhões, algo um pouco mais elevado do que o próprio orçamento gastado pela HBO na temporada final de Game of Thrones.

Membros da franquia estão envolvidos neste projeto, como o produtor Basil Iwanyk (Destruição Final: O Último Refúgio, Sicario: Terra de Ninguém), o roteirista Derek Kolstad, e o diretor Chad Stahelski como produtores. Inclusive, Stahelski seria o diretor do primeiro episódio, mas quando a série tinha uma ideia diferente do que é agora.

A história de The Continental é definida 40 anos antes dos eventos principais da trilogia John Wick e tem foco em um jovem Winston, que um dia crescerá e será o personagem experiente interpretado por Ian McShane. Ele é um jovem que começou como um hoteleiro assassino, que ao lado de outros cria um paraíso para tipos desagradáveis, totalmente contra um pano de fundo dos anos 70 em Nova York.

Outros detalhes não foram mencionados.